quarta-feira, 4 de abril de 2012

O avanço da agenda política homossexual e pedófila

O avanço da agenda política homossexual e pedófila


by O. Braga

A ONU considera criar "direitos sexuais" para crianças a partir de 10 anos de idade.







No Brasil, um pedófilo foi absolvido porque o tribunal teve em consideração que as meninas de 12 anos de idade eram “prostitutas”.







Ou seja, o supremo tribunal brasileiro considerou que uma menina de 12 anos, ou ainda de menos idade, pode ter o estatuto de “prostituta”.



O tribunal brasileiro decidiu que as meninas de 12 anos "não eram inocentes", e por isso decidiu também que os pedófilos não são culpados. Para estas meninas de 12 anos, o supremo tribunal brasileiro não encontra qualquer protecção legal.



Uma das agendas políticas do lóbi gayzista é a de promover a redução da idade de consentimento sexual das crianças, e parece que tanto a ONU como os tribunais brasileiros comungam da agenda política gayzista.



A situação chegou já a um ponto em que vamos ter que pensar seriamente na organização de uma guerrilha urbana clandestina contra o Poder instituído. Isto não vai melhorar: pelo contrário, vai de mal a pior.

 
O. Braga

Terça-feira, 3 Abril 2012 at 8:55 pm
Tags: homossexualismo
Categorias: A vida custa, ética, Esta gente vota, Gayzismo, homocepticismo, Pedofilia, Política
URL: http://wp.me/p2jQx-aVn
 
 
http://cultura-calvinista.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário