"Holyrood’s Public Petitions Committee is considering a proposal from a 13-year-old schoolboy to scrap ‘gender specific’ uniforms.
The campaign has been backed by the Scottish Transgender Alliance and LGBT Scotland, but education minister Michael Russell MSP believes it is a matter for education authorities."
Numa altura em que as feministas lutam para que as mulheres usem exclusivamente calças, o lóbi político gay da Escócia defende a ideia de que os meninos devem ser autorizados a ir para a escola de saias, alegadamente porque os uniformes escolares tradicionais podem causar “desconforto” em crianças com “desvios de género”. É caso para dizer que “em casa de gay, quem veste as calças é a mãe”.